Câmera de vigilância IP

317.96 com IVA

REF: CAMIP4N Categorias: , Etiqueta:

Descrição

Ligue à câmara IP de qualquer lado no mundo usando somente o software e o número ID único da câmara e password. Preparação em 5 passos: 1. Ligue a câmara ao router. 2. Instale e inicie o software CamView. 3. Adicione a nova câmara (auto detecção) à lista. 4. Insira ID e password. 5. Comece a gravar vídeos, tirar fotos, etc. IP66. Sistema de scan PAL. Elemento pick up_: CCD a cores Super HAD Sony. Tamanho da imagem: 1/3”. Pixels: 512 (YH)x582 (V). Resolução: 420 linhas de TV. Iluminação mínima: 0.5lux-F1.4 (IR desactivado) / 0Lux (IR activo). Leds IR: 21. Distância de projecção IR máxima: ±15m. Interlace 2:1. Nível de saída vídeo: 1.0Vpp, 75ohms, composto. Relação S/R: > 48dB (AGC desactivado). AEI: 1/50-1/100000s. Gama: 0.45. Lente: 4mm. Ângulo lente: 73º. Interface network: Ethernet 10BaseT/100BaseTX, Auto-MDIX, RJ-45, BNC. Formato de compressão vídeo: MPEG-4 até 25fps. Programação de qualidade de imagem: resolução: 176×120, 352×240, 720×480. Largura de banda: 64K, 128K, 256K, 512K, 768K, 1M, 1.2M, 1.5M bps. Frame rate: 1, 2, 3, 4, 5, 10, 15, 20, 25fps. Protocolos suportados: IPv4, http, TCP, ICNP, RTSP RTP, UDP, IGMP, RTCP, SMTP, FTP, DHCP, UPnP, ARP, DNS, PPPoE. Línguas suportadas: inglês, chinês, italiano, japonês, turco, hebreu, francês, hindi, espanhol, húngaro. Requisitos de hardware: Pentium 4 CPU 1.5GHz e superior, Windows XP SP2 ou superior, Framework 2.0, RAM 512MB ou superior. Porta free network. Temperatura de operação: -10ºC a 50ºC. Alimentação: adaptador 12VDC PSS1212 (não incluído). Consumo: 3.8W (Leds IR desactivados) / 5.2W (Leds IR activos). Dimensões: Ø73x85mm. Peso: 420g. ATENÇÃO: A utilização de sistemas de vigilância por câmaras de vídeo, para captação e gravação de imagem e som e seu posterior tratamento está regulamentado segundo a Lei nº1/2005 de 10 de Janeiro; O Artigo 2º, autoriza entre outros, a sua utilização, conforme alínea c) do nº1, “Protecção de segurança das pessoas e bens, públicos ou privados, e prevenção da prática de crimes em locais em que exista razoável risco da sua ocorrência.” Sempre que se trate de captação e gravação de imagem e som, é obrigatório pedido de autorização de instalação à Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD), conforme o Artigo 3º da Lei nº1/2005 de 10 de Janeiro. Nos locais em que se utilizem sistemas de vigilância é obrigatório a afixação de avisos em local bem visível conforme especificado no Artigo 4º alíneas a), b) e c), da Lei nº1/2005 de 10 de Janeiro. Será de todo conveniente antes de efectuar a instalação de sistemas de vigilância consultar: Lei nº67/98 de 26 de Outubro e Lei nº1/2005 de 10 de Janeiro.